O peso da abelha operária…

Se as minhas amigas psicólogas e psicanalistas me lerem, vão me atribuir o auge da arrogância. Mas sim, é a pura verdade. A mãe da nova família, essa que compõe com todos os seus amores a nova constelação, está no centro de tudo. Na base deste empreendimento. É quem segura a viga principal da construção….

Continue lendo

O mundo dela, lá fora…

Calma filha, eu vou contigo. Calma filha, eu vou contigo… Calma… Eu não vou. Ficarei rezando aqui. Me dei conta que a saída dela naquela manhã de sol para um passeio intermunicipal da escola, assim como serão as suas saídas tantas da vida, sempre vão doer. Que sentirei a insegurança da mãe da família tradicional,…

Continue lendo

Bons entendedores, entenderão:)

Sabe o que eu gosto na vida de mãe? O fato de que ela me desacomoda. Me desafia. O fato de ser difícil. Não acho, em geral, nada fácil na vida. Afinal, creio que não estamos aqui exatamente a passeio. Que a nossa jornada na vida tem a ver com aprendizado e aprofundamento. Talvez por…

Continue lendo

Família de margarina? Nós?

Ouvi estes tempos que a minha família parece comercial de margarina. Que as fotos lindas postadas em Instagram e como pano de fundo das minhas crônicas, assim como o meu olhar otimista sobre cada acontecimento no nosso dia a dia de nova família, torna a nossa vida referência. De uma felicidade idealizada. Criando uma impressão…

Continue lendo

Irmãos: ter ou não ter?

Ter irmãos é daquelas situações da vida que não importa o que você faça, serás um igual. Nada pode ser mais cristão. Perante Deus, todos são filhos. Não é assim? Pois por mais que você faça, por mais que o cenário te provoque a uma natural competição quase que o tempo todo, por te colocar…

Continue lendo

Pais e filhos: amor e seus fluxos…

O amor propõe caminhos diferentes às pessoas. Tem diferentes pesos e valores para cada indivíduo. E uma noite dessas, enquanto amamentava, me deu um estalo. No amor de família, especificamente entre pais e filhos, percebi uma diferença nada sútil entre este fluxo. Entre o que sentem pais pelos filhos, e o que sentem os filhos…

Continue lendo

Criatividade na vida…

É preciso ter criatividade para ser feliz. Para lidar com o compartilhamento dos filhos, com duas casas, com famílias em cidades diferentes. Posso garantir que só a criatividade vence esse desafio, e vou dizer porquê. Uma pessoa para exercer a criação, precisa de desprendimento. Avalio esta frase em toda a sua profundidade.  Criar alternativas diferentes…

Continue lendo

Sobre a nossa espera… O nosso Chá de bebê.

Joaquim ficou sentado nas minhas pernas, me beijando, me curtindo. Me alcançando presentes, se surpreendendo com o tamanho das roupas da irmã, das fraldas…. Ficou ali, mudando. Fazendo tudo de forma diferente, conformada. Criando seu novo espaço, de filho do meio. Procurou no dia a dia das últimas semanas as vantagens de ser promovido a…

Continue lendo