Eles sabem…

Vou falar de uma coisa louca. Do improvável reconhecimento dos filhos sobre as coisas que fazemos por eles. Sabe o que é mais legal de escrever genuinamente? Sem revisor de texto, editor chefe ou orientações de terceiros? É que eu vou vivendo a vida, aberta, e, de repente, mudo de opinião e saio do lugar…

Continue lendo

30 + 10

Escrevo do dia seis de agosto de 2019. Amanhã, dia sete, faço quarenta anos, ou trinta mais dez. É como eu sinto que aconteceu a vida por aqui. Algo que começou na minha pequenez e foi até os trinta, e dos trinta aos quarenta simplesmente mudou. Dez anos que foram me transformando do que eu…

Continue lendo

O dilema do bonde

Já ouviram falar? Minha filha Joana ganhou de aniversário de dez anos um livro de dilemas focado no público infantil, a fim de promover o exercício da escolha para os pequenos, dadas as circunstâncias mais improváveis. Bondes, dois caminhos diferentes, uma manivela, pessoas, e a escolha sobre a quem atingir fatalmente. As quais me surpreenderam…

Continue lendo

Pelo que você faria tudo?

Estou lendo “A arte de ligar o foda-se”, um livro indicado por uma seguidora do New Families e que me deixou curiosa. Não sou de ligar o “foda-se” facilmente, nem de usar essa expressão. Costumo ser atenta a tudo, me preocupar, levar o universo em conta, principalmente o meu universo particular. Isso não é exatamente…

Continue lendo

Sobre ontem à noite…

Foi um privilégio falar de sexo ontem, sem cochichar. Sem vergonha, sem medo de me expor, de nos expor, a nós mulheres. Com aquelas tantas donas de si mesmas que estavam lá. Donas da sua conduta, do seu caminho de realização pessoal. Com um desejo de construir uma boa vida no sexo melhor hoje do…

Continue lendo