Pelo que você faria tudo?

Estou lendo “A arte de ligar o foda-se”, um livro indicado por uma seguidora do New Families e que me deixou curiosa. Não sou de ligar o “foda-se” facilmente, nem de usar essa expressão. Costumo ser atenta a tudo, me preocupar, levar o universo em conta, principalmente o meu universo particular. Isso não é exatamente…

Continue lendo

Sobre ontem à noite…

Foi um privilégio falar de sexo ontem, sem cochichar. Sem vergonha, sem medo de me expor, de nos expor, a nós mulheres. Com aquelas tantas donas de si mesmas que estavam lá. Donas da sua conduta, do seu caminho de realização pessoal. Com um desejo de construir uma boa vida no sexo melhor hoje do…

Continue lendo

Minha paixão por bilhetes

Sou do tempo dos bilhetes. Tenho lembranças do meu prazer em recebê-los desde a minha infância. Dos recadinhos que a minha mãe deixava com as ordens do dia para mim e para as minhas irmãs, com tempo de televisão autorizado, horário de temas e de vestir os uniformes da escola. Lembro também do afeto escrito…

Continue lendo

Preenchimento.

Andava procurando e procurando sem parar, por algo que desse sentido a minha vida. Algo além do amor romântico que sinto, e da maternidade. Além dos filhos. Além do meu parceiro, meu amor. Algo que morasse em mim. Que fosse meu. De raiz própria, com o meu DNA. Algo que só vivesse aqui, em algum…

Continue lendo