Férias de Julho

Primeiro a gente tem, quando criança…. O ferrolho do ano. Aquele espaço de sete a quatorze dias nos quais a escola nos dá uma folga, fecha as portas, e ficamos à revelia da agenda da família. Dos pais, dos avós disponíveis, da doméstica, se houver, que se vê de cabelos brancos com a presença das…

Continue lendo

Cabelos crespos…

Um dia desses, escovando o meu cabelo no salão de uma amiga de longa data da minha família, falávamos sobre o tamanho impacto do que nós pais e mães declaramos em alto e bom tom aos nossos filhos, nas cenas do dia a dia. Seja verbalmente, seja nas outras tantas linguagens do corpo, do olhar,…

Continue lendo

O tempo, ah o tempo…

Tenho uma admiração honesta pelo tempo. Desde sempre. Talvez porque sou uma pessoa bastante sensível, que guardou durante a vida todos os momentos no coração. Nas lembranças. Momentos pequenos e grandes. Desde refeições em família, conversas entre primos e beijos de boa noite, até as vezes nas quais vivi sofrimentos, como o medo da morte…

Continue lendo

Sobre outro você, canguru…

Estou eu aqui, grávida do terceiro filho. Do meu novo casamento com o meu grande amor. Com a benção da minha Joana e do meu Joaquim. E com muitos, muitos, muitos enjoo. Eles não são só matinais. São vinte e quatro horas por dia. Quando durmo, paro de senti-lo, mas aí sonhos malucos de seres…

Continue lendo