Sobre túneis e adoecimentos.

Existem coisas que me encantam e me assustam ao mesmo tempo na vida. Me encantam pela capacidade mágica de se parecerem diferentes a cada ângulo. De, conforme a posição que você senta para encara-las, parecerem certas de um jeito, ora parecerem erradas, ora parecerem de outro jeito completamente diferente. Por serem em alguns momentos exigentes,…

Continue lendo

Relacionamento e os seus momentos…

Nos relacionamos com tudo e com todos. Essa é a vida dos seres humanos. Em todos os seus ambientes, em todas as faces do seu caleidoscópio. E imaginem que em cada uma dessas faces, somos uma parte do mesmo ser. Somos um comportamento, temos um momento. Como não é de hoje que lanço um olhar…

Continue lendo

Criatividade na vida…

É preciso ter criatividade para ser feliz. Para lidar com o compartilhamento dos filhos, com duas casas, com famílias em cidades diferentes. Posso garantir que só a criatividade vence esse desafio, e vou dizer porquê. Uma pessoa para exercer a criação, precisa de desprendimento. Avalio esta frase em toda a sua profundidade.  Criar alternativas diferentes…

Continue lendo

“Polimãe”

Assim como monossílabas, dissílabas, trissílabas e polissílabas determinam palavras de uma, duas, três ou “mais de três“ sílabas, trago, por conta de um sentimento diferente e estranho para mim, definição parecida para as qualidades de mãe. Mãe de um, de dois, ou de “mais de dois”, no caso, uma “polimãe”. Vivo neste momento a experiência…

Continue lendo

Dia dos Pais das Novas Famílias

Há tempos que percebo, nos ambientes escolares das minhas crianças, que Dia dos Pais e Dia das Mães causam desconforto, constrangimento e sofrimento para algumas famílias. Ainda não tinha me separado do pai de dois dos meus filhos e lembro de um coleguinha da minha filha, fruto de uma nova família, faltar às aulas durante…

Continue lendo

Sobre saber pedir ajuda…

Tenho muito a aprender… esse é um processo diário que me comprova o quanto posso ser melhor quando me assisto em algumas situações desafiadores e reajo de formas que ainda me envergonham. Essa semana aprendi mais uma vez através da minha filha Joana. Minha pequena grande mulher. Forte e vulnerável, me admira cada dia mais…

Continue lendo

O lado escuro da proteção…

Estou, no momento desta escrita, vivendo o final da minha gestação da Antonella, o lançamento do meu primeiro livro, a apresentação do New Families. Um momento intenso e feliz da minha vida. Tenho dormido e acordado explodindo em gratidão pelo que a vida me possibilita neste momento, no que tange dar e receber. Dar, dentro…

Continue lendo

Sobre o dia de não tê-los aqui…

Falo agora como mãe. Egoísta com seus pintinhos, protetora, possessiva. Todas são, umas mais, umas menos. Eu, tenho exercitado a humildade neste sentido, escrevendo, escrevendo… me autoconhecendo, olhando para o fato dos meus filhos não serem meus, mas apenas virem de mim e por um tempo me habitarem efetivamente. Fisicamente. Mesmo que para sempre na…

Continue lendo